Estorno no Cartão de Crédito: Como Fazer

O estorno no cartão de crédito é uma solução comum, quando compramos algo, mas nos arrependemos. Existem situações válidas, mas também existem as que não funcionam, para obter o reembolso. Por isso é interessante conhecer quais são. O sucesso do e-commerce tem levado cada vez mais pessoas a adquirirem produtos pela internet. Na compra de itens mais pessoais, como roupas e calçados, a chance de errar o tamanho, por exemplo, é muito grande.

ANÚNCIO

Quando a compra é feita no cartão de crédito, o estorno é a melhor saída para ter uma nova chance de comprar o item correto. Além disso, quem lida com crianças e idosos, que manuseiam o celular constantemente, deve ter atenção redobrada quanto a isso. Com o cartão cadastrado no aparelho, é comum que os pequenos aproveitem a facilidade para comprar jogos ou outros itens, até mesmo por engano.

Estorno no cartão de crédito
O estorno no cartão de crédito é uma solução comum, quando compramos algo, mas nos arrependemos.

Tido por muitos como um inimigo das finanças pessoais, na verdade os cartões de crédito pode ser seu melhor amigo! Tudo dependerá da forma como administrará o crédito. Contudo, ressaltamos que há muitas vantagens em ter este aliado sempre por perto.

Como a operadora faz o estorno

Inicialmente, você deve manifestar sua necessidade de reembolso diretamente para o lojista. Caso ele se recuse injustamente, você poderá entrar em contato com a operadora. A restituição pode ser obtida nas seguintes situações:

  • Erro no registro na fatura de compra presencial ou online:
    • Primeiramente, a loja deverá cancelar a sua compra e reenviar a cobrança do seu cartão de crédito em uma nova fatura. Caso isso não funcione, a alternativa é recorrer à operadora;
    • O recomendável é sempre conferir sua fatura antes de pagar. Além de guardar suas notas fiscais pelo menos até o produto perder a garantia. Os erros mais frequentes são: cobranças indevidas de taxas e/ou impostos, erros no valor da compra, transações não reconhecidas, juros por parcelamentos não realizados ou até clonagem de cartão.
  • Arrependimento de compra em loja física ou online:
    • Para uma compra em uma loja física, o lojista não é obrigado a estornar. A não ser que você tenha visto o produto apenas por foto ou que ele apresente alguma irregularidade. Inclusive, para o produto com defeito, o vendedor tem até 30 dias para realizar a troca. Ou seja, caso você precise mesmo solicitar o reembolso, o pedido deve ser feito no mesmo dia da compra;
    • Já em compras online, você tem até 7 dias para manifestar arrependimento e obter a devolução do dinheiro pelo vendedor. Em resumo, mesmo que você tenha aberto a embalagem do produto, você ainda tem o direito de trocar o item ou conseguir o dinheiro de volta. A opção depende da política de devolução.

E se nada disso funcionar? O último caso é registrar um Boletim de Ocorrência sobre a cobrança e ir até uma unidade do PROCON da sua região. Mas é bem provável que essa opção seja demorada.

Cartão de crédito digital faz estorno normalmente

Os cartões digitais vieram para ficar, sem dúvida. Muitos bancos físicos passaram a lançar cartões sem anuidade como o Banco do Brasil e o Santander. Hoje há milhões de usuários de cartões de crédito digitais, mas por serem relativamente uma novidade, muitas pessoas ainda não confiam 100% neles.

O processo para solicitar o reembolso para a operadora digital é exatamente o mesmo dos cartões tradicionais. Na verdade, o processo pode ser até um pouco mais ágil. Isso porque, frequentemente, os bancos digitais estão investindo bastante em uma melhor experiência do cliente, com um suporte feito por meio de chats ao vivo e bots.

Por fim, o custo operacional é mais baixo em bancos e cartões digitais. Isso permite que essas empresas invistam justamente nos segmentos deficitários dos bancos tradicionais. Por isso é comum o cliente ter atendimento até mesmo em feriados e em finais de semana, e, na maioria das vezes, de ótima qualidade.